quinta-feira, 24 de maio de 2012

Exposição “Nós do mundo” aborda relação entre seres humanos e nosso planeta



O desenvolvimento sustentável é definido como a satisfação das necessidades da geração atual sem que a possibilidade das gerações futuras de realizarem as suas seja comprometida. Será que é esse o tipo atual de desenvolvimento no planeta?
Fazer refletir sobre esta pergunta é um dos objetivos da exposição “Nós do mundo”, que será inaugurada no dia 25 de maio. Realizada pelo Museu da Vida em parceria com o Inhotim – Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico e com a colaboração de Furnas, a mostra ocupará a sala de exposições do Museu.
“Queremos que os visitantes reflitam sobre o nosso papel no cenário atual e também em cenários positivos, mais sustentáveis, que já começam a surgir em diversos países. Queremos mostrar que o futuro é fruto das nossas escolhas de hoje”, explica Vanessa Guimarães, curadora da exposição.
Por meio de imagens, áudio, vídeos e atividades interativas, a exposição aborda temas como consumismo exagerado, mudanças climáticas, matrizes energéticas, desigualdades sociais e degradação do meio ambiente.

"Os museus de ciência têm cada vez mais um papel fundamental como fórum de debate de discussões sobre temas de grande relevância para a ciência e a sociedade. Neste contexto, a exposição ‘Nós do mundo’ visa estimular a reflexão sobre a necessidade e os desafios de buscarmos um desenvolvimento sustentável", afirma Luisa Massarani, chefe do Museu da Vida.
Massarani destaca ainda a importância da exposição como provocadora de questionamentos e fonte de informações no contexto da Rio+20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que será realizada no Rio de Janeiro de 13 a 22 de junho.
A visitação de ”Nós do mundo” é gratuita, realizada mediante agendamento de segunda a sexta e com visitação livre aos sábados.
Atividades para todos
A exposição é composta por painéis que discutem a relação do homem com a natureza, mostrando tanto o cenário mundial contemporâneo como algumas das soluções já existentes para o alcance de um desenvolvimento mais sustentável.
Há também um módulo interativo, com atrações como uma bicicleta que, ao ser pedalada, transforma a energia produzida em energia elétrica; uma casa em miniatura com informações sobre o gasto de energia por aparelhos geralmente encontrados na residência do brasileiro; a simulação de um supermercado em que, ao passar o código de barras de seu “produto” em um leitor, o visitante receberá informações ambientais a respeito dele; uma linha do tempo no qual os visitantes poderão saber mais sobre algumas datas que marcaram os debates sobre desenvolvimento sustentável.
“Nós do mundo” faz parte das atividades promovidas pela Fiocruz por ocasião da Rio+20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, além de marcar o aniversário de 13 anos do Museu da Vida, 25 anos da Casa de Oswaldo Cruz e 112 anos da Fiocruz.
Nós do mundo
Exposição gratuita
Inauguração no dia 25 de maio, sexta-feira, às 12h. Temporada de 25 de maio a 28 de julho
Visitação: de terça a sexta, entre 9h e 16h30, mediante agendamento. Aos sábados, visitação livre, de 10h às 16h.
Local: sala de exposições do Museu da Vida
Endereço: Av. Brasil, 4365 – Manguinhos – Rio de Janeiro – RJ (próximo à passarela 6 e dentro do campus da Fiocruz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.