sábado, 3 de julho de 2010

Sólido, líquido, gasoso e outras possibilidades



Você já deve ter notado que a água é como um mutante. Ela passa de líquida a gelo, se estiver num lugar muito frio, como o congelador da geladeira da sua casa. Passa também a vapor, se estiver muito quente, como acontece quando alguém a ferve para fazer café ou chá. Mas, por acaso, você já pensou em como e por que isso acontece?

As formas que as substâncias assumem são chamadas “estados físicos”, sendo o estado sólido, o liquido e o gasoso os mais conhecidos. Um jeito legal e simples de entender sobre os estados físicos é observar o que acontece com a própria a água, que está bem presente nas nossas vidas.

O estado físico da água muda com a temperatura. Se ela está líquida e a sua temperatura aumenta, ela evapora, vira gás, vapor. Se a sua temperatura diminui, o vapor vira líquido de novo. E se o líquido é resfriado o suficiente – como acontece em locais muito frios, como o congelador ou o polo Sul e o polo Norte – vira gelo. Se a temperatura aumenta, o gelo derrete e a água volta a ser líquida.
 

Outras possibilidadesSólido, líquido, gasoso e outros possibilidades 2

Além de sólido, líquido e gasoso, porém, existem outros estados físicos que podem ser muito diferentes desses três. Um exemplo disso é o plasma, um gás especial. Especial por quê? Porque, diferentemente dos gases comuns, ele conduz eletricidade e pode emitir luz. Sua aparência é diferente também: repare só as lâmpadas fluorescentes funcionando. O que circula dentro delas é o plasma, presente ainda nos relâmpagos, no Sol e em muitos locais do Universo.

Outro exemplo de estado físico diferente é o de substâncias que parecem um meio-termo, isto é, se comportam tanto como líquidos quanto como sólidos. É o caso da gelatina, do gel que deixa o cabelo espetado,  dos cristais das telas de TV e computador conhecidos como LCD. Dependendo das condições, como a temperatura, essas substâncias podem ter mais jeito de sólido ou mais parecer um líquido. Quer ver como isso funciona? Agite bem um gel e repare que ele fica fluido, quase líquido. Em seguida, deixe ele parado e note como fica mais firme.

Sólido, líquido, gasoso e outros possibilidades 3 
Temperaturas muito baixas ou muito altas, assim como pressões muito altas, podem fazer com que outros tipos de substâncias – que não a água – apresentem comportamentos pra lá de esquisitos. Tem material condutor de eletricidade que a temperaturas muito baixas se torna um supercondutor, ou seja, é capaz de conduzir eletricidade sem se esquentar. Isso é algo especial. Talvez você nunca tenha percebido, mas os fios de aparelhos como televisão e ferro de passar roupa se esquentam quando estão ligados, o que é um problema porque parte da energia que deveria ir para o aparelho é transformada no calor que esquenta o fio.

Enfim, os estados de uma substância, seja ela qual for, nada mais são do que formas diferentes de organização dos átomos, partículas minúsculas que podem ser comparadas a microscópicas pecinhas de lego. Essas peças, os átomos, podem ser mais ordenadas e certinhas (como acontece quando a água está sob a forma de gelo); menos ordenadas, como no caso da água líquida; ou menos ordenadas ainda, quando a água vira vapor. Então? Não é interessante o modo como as substâncias mudam de forma?!

Fonte: CHC das Crianças

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.