sexta-feira, 21 de maio de 2010

REINO PROTISTA

Hoje vamos falar sobre o Reino Protista, o segundo em complexidade. Os protistas são seres unicelulares eucariontes, ou seja, possuem núcleo individualizado protegido por membrana (carioteca). Possuem também organelas membranosas diversas. Neste grupo estão os protozoários e as algas unicelulares.

PROTOZOÁRIOS

São organismos heterótrofos, com vida livre ou não e podem formar colônias ou viver isoladamente. Habitam os mais variado ambientes e algumas espécies podem parasitar outros seres vivos, inclusive os humanos.
Sua reprodução na maioria dos casos é assexuada, num processo de cissiparidade, processo já comentado aqui no Blog quando falamos de reprodução de bactérias.
Os protozoários classificam-se em 4 grupos, de acordo com suas estruturas de locomoção:

EsporozoáriosNão possuem nenhum tipo de estrutura para sua locomoção, ou seja, não se locomovem. É o caso do Plasmodium, por exemplo, causador da malária e visto na foto abaixo.

Rizópodes
Estes protozoários se locomovem por meio de pseudópodes que são prolongamentos do citoplasma, como por exemplo a Ameba.



Flagelados
São protozoários que possuem um ou mais flagelos. Os flagelos são filamentos que vibram e permitem a locomoção em meio líquido. É o caso da Giardia, por exemplo.



Ciliados
São protozoários que possuem pequenos filamentos chamados cílios, ao redor de todo o corpo. O movimento dos cílios permite a locomoção desses seres. Um exemplo de ciliado é o Paramécio.


ALGAS UNICELULARES

São organismos de extrema importância para o equilíbrio ecológico dos ecossistemas aquáticos por serem fontes de alimento. Também a maior parte do oxigênio que abastece o planeta vem da atividade fotossintetizante destas algas.
Destacaremos 3 grandes grupos de algas:

Euglenófitas
Também conhecidas como “euglenas”, são algas que se locomovem por meio de flagelo e vivem principalmente em água doce. Um exemplo é a Euglena viridis que pode deixar a água com coloração esverdeada no caso de uma reprodução intensa.


Bacilariófitas
Algas de água doce e salgada. As Diatomáceas são as principais representantes deste grupo. Elas possuem uma carapaça protetora formada de sílica. Seus restos celulares podem se depositar no fundo do ambiente aquático e formar o diatomito, material rico em sílica que tem várias aplicações materiais (indústria cosmética e de higiene, por exemplo).




Pirrófitas
São conhecidas como “dinoflagelados” por possuírem 2 flagelos. São algas geralmente marinhas com coloração esverdeada ou parda. Algumas tem a capacidade de emitir luz em um fenômeno chamado “bioluminescência”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.