quarta-feira, 7 de abril de 2010

Uma misteriosa baleia chamada sardinheira

Ela é um dos animais mais curiosos que existem no mundo – palavra de biólogo! Salta, dá borrifos bem altos, mas é imprevisível. Avistá-la, xiiiii, não é tarefa fácil. Por isso, pouco se conhece do seu comportamento, do seu modo de vida. Mas aí vai a boa notícia: algumas vivem no Brasil! Com vocês, a baleia-sardinheira!

Contando ninguém acredita, mas ela sobe à superfície para respirar com tranquilidade e delicadeza, apesar de ser um gigante de quase 15 metros de comprimento. Diferentemente da maioria dos grandes cetáceos, a baleia-sardinheira é mesmo discreta, nem expõe a cauda ao mergulhar. Consegue isso porque não precisa pegar impulso para voltar a ficar debaixo d’água. E não precisa de impulso porque é mais esbelta que suas primas baleias, como é o caso da jubarte e da franca.

Se para emergir e afundar ela é calma, ao borrifar chama muita atenção. Seu borrifo pode chegar a quatro metros de altura! Sim, é verdade! Porém, como esta espécie pode expirar dentro da água, nem sempre seu jato d’água é visível. Aliás, para ver seus saltos, também é preciso ter muita sorte, de forma que a curiosidade dos biólogos sobre esse mamífero aquático só aumenta.

Torpedo submarino

Uma misteriosa baleia 2
É preciso sorte para avistar uma baleia-sardinheira (foto: Bruna Pagliani S. Di Dario).
Se eu disser que a baleia-sardinheira, mesmo pesando 25 toneladas, nada com grande velocidade, você acredita? Pois sua facilidade para se deslocar deve-se ao seu corpo em forma de torpedo, uma anatomia perfeita para quem precisa ser ágil debaixo d’água. Assim, ela pode nadar até 25 quilômetros por hora e, por conta de seu bom fôlego, pode permanecer submersa por mais de 20 minutos.

Embora seja ágil, a baleia-sardinheira não realiza migrações. Vive geralmente em águas mais quentes, em torno dos 20ºC, entre as regiões tropicais e subtropicais de todo o planeta.

Estudos mostram que, em algumas partes do mundo, esta espécie se reproduz ao longo de todo ano, enquanto em outras regiões o período reprodutivo é curto. Os filhotes são como os pais, bem grandes. Nascem com cerca de quatro metros de comprimento e pesam, aproximadamente, 560 quilos.

Nome que não deixa dúvidas

Uma misteriosa baleia 3
(Ilustração: Marcello Araújo).
Como o nome denuncia, a baleia-sardinheira a-do-ra sardinhas. Mas em seu cardápio entram também outros peixes e pequenos crustáceos, parecidos com camarões. Assim como outras grandes baleias, ela tem cerdas bucais no lugar dos dentes.

As tais cerdas são feitas de queratina, o mesmo material que reveste a nossa pele e forma nossos cabelos e unhas. Cada lado da boca possui centenas de placas de cerdas enfileiradas que agem como um grande coador, filtrando o alimento que entra junto com a água do mar.

Em um único dia, uma baleia sardinheira adulta é capaz de comer até duas toneladas de peixes e crustáceos. Também, para manter o seu corpanzil, haja apetite!

Fonte : CH das Crianças

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.