domingo, 14 de fevereiro de 2010

Por que a fêmea do Louva -a-Deus arranca a cabeça do macho após a cópula?


As fêmeas de Louva-a-Deus podem arrancar e comer a cabeça dos machos. O hábito alimentar desses insetos é totalmente carnívoro (inclusive são canibais sem qualquer sentimento de culpa).
O que acontece é que após ou durante a cópula as fêmeas sentem uma fome muito grande e precisam comer logo. Essa “fome incontrolável” é um instinto da natural, elas precisam adquirir uma boa quantidade de proteína para a formação de seus ovos, assim que eles são fecundados. Não é uma regra que o macho que a fecundou precise ser predado, poderia ser qualquer outro animal pequeno, no entanto, quem está mais próximo acaba sendo atacado. E para piorar a situação dos machos, eles são normalmente muito menores que as fêmeas.
Na verdade, comer a cabeça do macho (pai de suas ninfas) é uma estratégia bem mais complexa. Além de suprir suas necessidades fisiológicas e garantir a procriação, elas também se sentem mais seguras, pois preferem se esconder logo após as “núpcias”. Esse ato também é uma forma de colocar sua futura prole em um lugar seguro. Se acontecer a fuga de um “macho espertinho”, ela não terá outra alternativa senão se expor ao perigo em busca de comida, correndo o risco de ser predada por outro animal, como um pássaro, por exemplo.
Assim, o macho é capaz de copular com a cabeça presa ao corpo SIM, no entanto, quando ela é arrancada ele dura muito pouco tempo, e sua vida praticamente acaba ali, logo após a cópula. Mas ele morre feliz! Para o inseto, o sucesso de sua vida curta se resume a nascer e sobreviver para reproduzir.
Assista ao vídeo e veja como acontece!


FONTE: mantiskingdom.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.